Complexo Multidisciplinar Tarcizo Freire
Classificação

Brasil tem jogador expulso, leva sustos, mas vence e se classifica para as oitavas do Mundial Sub-17

Yan leva cartão vermelho no fim do primeiro tempo e Seleção sofre na etapa final, mas Talles Magno aproveita erro do goleiro, amplia a vantagem e torna a partida mais tranquila para o Brasil; Kaio Jorge e Diego Rosa também marcam

29/10/2019 22h51Atualizado há 2 semanas
Por: Cláudio Roberto
47
Kaio Jorge e Talles Magno comemoram o primeiro gol do Brasil (Foto: Alexandre Loureiro/ CBF)
Kaio Jorge e Talles Magno comemoram o primeiro gol do Brasil (Foto: Alexandre Loureiro/ CBF)

O que tivemos no Bezerrão

O placar pode enganar um pouco, mas fato é que a vitória do Brasil por 3 a 0 em cima da Nova Zelândia classificou os garotos para as oitavas de final da Copa do Mundo Sub-17 ainda na segunda rodada. A molecada brasileira abriu o placar com Kaio Jorge no primeiro tempo e teve Yan expulso no fim da etapa inicial. No segundo tempo, o Brasil foi pressionado e levou alguns sustos, mas Talles Magno e Diego Rosa marcaram no fim da partida com vacilos da defesa para dar números finais à partida.

 

Gol e expulsão

A goleada na estreia deixou a boa impressão, mas nada do que aconteceu contra o Canadá se repetiu. O Brasil tentou impor sua intensidade, mas esbarrou na linha defensiva neozelandesa. E deu espaços. A saída foi surpreender. Assim Henri fez, ao lançar Veron pela direita, e o camisa 7 deu nova assistência no Mundial, desta vez para Kaio Jorge fazer seu primeiro gol na competição. Mas o cenário mudou completamente aos 41 minutos. Yan deu um pisão em Garbett e, após revisão no monitor do VAR, o árbitro guatemalteco Mario Escobar expulsou o lateral.

 

No sufoco!

O segundo tempo foi quase todo da Nova Zelândia, mas o Brasil conseguiu marcar dois gols nos últimos 10 minutos. Com um a menos, o Brasil foi para a segunda etapa com Garcia na vaga de Talles Costa e duas linhas de quatro. Depois, o volante Diego Rosa entrou no lugar do camisa 9 Kaio Jorge. Os neozelandeses assustaram. Obrigaram Donelli a fazer boas saídas do gol em lances de bola parada e erraram na pontaria. Finalizaram mais e tiveram mais posse de bola. Mas não conseguiram o gol de empate. Quase como castigo, viram Talles Magno roubar a bola de Paulsen para marcar o segundo gol brasileiro, e também Diego Rosa aproveitar o vacilo da zaga e fazer o terceiro do Brasil para fechar o placar.

 

A imagem do jogo

O primeiro cartão do Brasil no Mundial Sub-17 foi vermelho. E saiu após revisão no VAR. O lateral Yan, um dos melhores da seleção na competição, deu um pisão em Garbett e foi expulso após a interferência do vídeo. Na saída de campo, o jogador do Coritiba pôs para fora toda a sua raiva. Jogou uma garrafa d’água no chão e assustou até os funcionários da Fifa que estavam por perto.

 

EsperTalles

Dessa vez Talles Magno não passou em branco. Melhor do que na partida contra o Canadá, o camisa 11 da seleção ocupou o lado esquerdo, o lado direito, atuou também como centroavante, e finalizou pouco. Procurou o jogo e sofreu com o jogo duro dos neozelandeses. Tudo isso foi premiado com um gol aos 34 minutos da etapa final, quando ele roubou a bola do goleiro Paulsen dentro da área e marcou o segundo gol do Brasil, que deu tranquilidade para a garotada.

 

Agenda

O Brasil agora decide com a Angola quem ficará com a primeira posição do Grupo A. Ambos estão com seis pontos, mas a seleção brasileira está na frente, com maior saldo de gols e terá a vantagem do empate no duelo contra os africanos. Brasil e Angola se enfrentam nesta sexta, às 20h, no Estádio Olímpico, em Goiânia. Eliminados, Canadá e Nova Zelândia se enfrentam também na sexta, no Bezerrão.

Confira AQUI a tabela do Mundial Sub-17.

 

Créditos: globoesporte.globo.com

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários