Complexo Multidisciplinar Tarcizo Freire
Rachaduras

Rachaduras em Maceió: casas psiquiátricas, hospitais, escolas, Cras e postos serão realocados

No bairro do Pinheiro estão em área de realocação, controle de processos, monitoramento e alerta

04/12/2019 10h21
Por: Cláudio Roberto
Fonte: Cada Minuto
39

Foi disponibilizado nesta quarta-feira (04), o Plano de Ação Integrado por parte do Governo Federal que serve para os bairros do Pinheiro, Mutange e Bebedouro, que estão com afundamento do solo. Segundo o plano, 1.349 lotes ou habitações terão demolição imediata, três unidades de saúde psiquiátrica (sendo uma filantrópica e com leitos de UTI de referência do SUS e as demais particulares) e sete escolas estão em área de realocação.

De acordo com o plano, ao total, a área de risco engloba quase 242 hectares, dos quais 78 serão realocados/evacuados.

Na área de habitação, de acordo com a Defesa Civil Municipal, os dados preliminares demonstram que toda área de risco tem cerca de 6.048 lotes/habitações, dos quais 2.114 já serão evacuados, enquanto 3.934 serão monitorados, segundo critérios de criticidade.

No bairro do Pinheiro estão em área de realocação, controle de processos, monitoramento e alerta, o Hospital Sanatório, o HapVida, cinco escolas estaduais do Cepa e dois postos de gasolinas.

Já no bairro do Bom Parto está em área de relocação, o Cras do Bom Parto. Na chamada zona de alagamento dos bairros de Mutange, Jardim Alagoas, Cardoso e Gruta do Padre serão realocados dois hospitais psiquiátricos com 298 internos e uma creche municipal com 221 alunos matriculados, a qual será evacuada. Uma escola estadual está interditada.

Por fim, o plano diz que “devido ao avanço dos estudos técnicos realizados na área de risco, além das vistorias em novas áreas adjacentes a esta, o Plano tem um caráter dinâmico e não pretende esgotar o planejamento necessário para a gestão do desastre”.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários