Complexo Multidisciplinar Tarcizo Freire
Maldade

Vereador Rogério Nezinho indaga até onde vai a maldade da administração municipal de Arapiraca?

Vereador diz que prefeito é insensível

04/12/2019 09h03
Por: Cláudio Roberto
77

Ao tomar conhecimento através das redes sociais na noite desta terça-feira, onde o presidente do Sindicato dos Agentes de Saúde e de Endemias, Anselmo dos Santos, havia colocado a posição do secretário de Administração, Lenine, que havia ventilado de que na próxima semana, haverá demissões em massa dos contratados do quadro de Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Endemias, o vereador Rogério Nezinho, disse que estava solidário a categoria, principalmente pela decisão do líder sindical, ao procurar o Ministério Público Estadual, afim de preservar os direitos da categoria até o processo seletivo.

Rogério Nezinho, lamentou a situação porque vem passando a cidade de Arapiraca, com a péssima administração do prefeito Rogério Teófilo, em todas as áreas.

O vereador Rogério Nezinho, ao conversar com dezenas de servidores contratados e comissionados que foram demitidos, mesmo estando com os salários atrasados em três meses, disse que não entende até onde chega a maldade do prefeito, demonstrando a total incapacidade do  sentimento de solidariedade a centenas de pais de famílias, que vão comemorar um  Natal cheio de tristezas.

O vereador, também falou sobre a maldade da administração municipal, em retirar as gratificações que variam de 280 a 500 reais.

"Esse dinheiro tirado dos servidores, demonstra a falta de capacidade administrativa do prefeito, porque, de acordo com as palavras dele, a economia feita com esse dinheiro, daria para pagar o décimo terceiro salário dos efetivos", disse o parlamentar.

 "A cada ação praticada pelo prefeito Rogério Teófilo, fica uma pergunta: até onde vai a maldade dessa administração?, indaga o vereador.

Assessoria

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários