Complexo Multidisciplinar Tarcizo Freire
Alagoano

Com a corda no pescoço, CSA recebe o Bahia na estreia do técnico Jacozinho

Ídolo azulino tem grande chance na carreira de treinador após saída repentina do treinador Argel Fucks, na madrugada da sexta-feira (29)

01/12/2019 09h30
Por: Cláudio Roberto
36

O confronto do CSA com o Bahia neste domingo (1), no Rei Pelé, às 18h, tem vários ingredientes de partida decisiva. Além de ser um clássico regional, as equipes estão necessitando de vitória por motivos diferentes: o Esquadrão quer quebrar uma sequência de nove rodadas sem vitórias na Série A, já o Azulão necessita dos três pontos para seguir tentando saltar do Z4. A Gazetaweb transmitirá a partida em Tempo Real.

Para o CSA, o embate ganha maior repercussão devido a debandada de Argel Fucks, que se transferiu para o Ceará, na madrugada da sexta-feira (30), logo após a vitória sobre o Cruzeiro, por 1x0, no Mineirão. O fato abriu espaço para o ídolo Jacozinho, auxiliar técnico efetivo do clube, que terá a chance de mostrar seu valor também com a prancheta na mão à beira do campo.

Técnico Jacozinho teve apenas um treinamento com a equipe antes de pegar o Bahia FOTO: Augusto Oliveira/Ascom CSA

"Estou preparado. Para mim, vai ser mais um teste e tenho certeza que Deus está do nosso lado e quem sabe a gente não permaneça na Série A. É difícil mesmo [a permanência na Série A], mas não impossível", disse Jacó.

O Azulão é o 18º colocado, com 32 pontos.

Sob o comando de Jacozinho, a equipe azulina realizou apenas um treinamento na tarde deste sábado (30), no CT do Mutange, e não terá fugirá do time que Argel vinha colocando em campo. Apenas o atacante Hector Bustamante, recuperado de lesão, deverá voltar a ser utilizado.

Desta maneira, o Azulão vai para o tudo ou nada com: Jordi; Dawhan, Alan Costa, Luciano Castán e Rafinha; João Vitor, Nilton e Euller; Apodi, Bustamante e Ricardo Bueno.

Bahia não vence há oito jogos e técnico Roger Machado está pressionado FOTO: Felipe Oliveira/EC Bahia

Bahia não vence há oito jogos e técnico Roger Machado está pressionado

FOTO: Felipe Oliveira/EC Bahia

 

O Tricolor não vence há nove partidas e está com a vaga na Copa Sul-Americana do ano seguinte ameaçada. Se fizer o recorte neste segundo turno, o Bahia tem aproveitamento de zona de rebaixamento neste segundo turno, superando apenas Chapecoense, CSA e Avaí.

Para completar, na última quarta-feira (28), os baianos ficaram apenas no 1x1 com o Atlético-MG, na Fonte Nova. Por estes motivos, os comandados de Roger Machado deverão jogar para cima no Trapichão desde os minutos iniciais.

No confronto, Roger poderá contar novamente com o lateral direito João Pedro e o meia Guerra. Seguem fora, Elton, Rogério, Giovanni e Marco Antônio, todos lesionados. Uma provável escalação do Esquadrão tem: Douglas; Nino Paraíba (João Pedro), Wanderson, Juninho e Moisés; Gregore, Flávio e Guerra; Élber, Artur e Gilberto.

No primeiro turno do Brasileirão, o Tricolor venceu o Azulão por 1x0, na Arena Fonte Nova. Gol do atacante Arthur Caíque, após bela cobrança de falta no lado esquerdo da meta defendida pelo goleiro Jordi.

Gazetaweb

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários