Complexo Multidisciplinar Tarcizo Freire
Qualidade de vida

Sesau amplia serviços de equoterapia para 1200 beneficiários

Secretário da Saúde assinou convênio que assegura um investimento superior a R$ 7 milhões

24/11/2019 10h41
Por: Cláudio Roberto
43

O secretário estadual de saúde, Alexandre Ayres, assinou nesta sexta-feira (22) contratos de convênio para tratamentos de equoterapia, que representa uma equitação terapêutica com cavalos, em Maceió e no interior do Estado. O valor do investimento é de R$ 7.368.560,00. O evento reuniu representantes das associações de equoterapia na sede da Secretaria de Estado de Saúde (Sesau), em Jaraguá.

O gestor enfatizou que o serviço é importante para auxiliar no tratamento de reabilitação de pessoas com deficiência. “Estamos assegurando não apenas a continuidade do tratamento, mas a ampliação do número de vagas para atender a ainda mais pessoas”, destacou o secretário.

Alexandre Ayres reforçou a necessidade de ampliação do serviço de equoterapia destacando o inúmero dos benefícios psicológicos aos pacientes – principalmente no combate à depressão – e aumento dos sentimentos de autoestima e independência.

“A equoterapia assegura excelentes resultados no que diz respeito à aprendizagem, memorização, concentração, cooperação e socialização”, disse a supervisora de Cuidados à Pessoa com Deficiência da Sesau, Renata Bulhões. Por meio dessa modalidade terapêutica, segundo ela, o paciente também organiza o esquema corporal, equilibrando-o e regulando o tônus muscular.

A supervisora ressaltou que atualmente 800 pacientes fazem uso deste serviço em Alagoas. “Com a assinatura dos convênios esse número irá subir para 1.200 beneficiários, provocando uma melhoria na qualidade de vida de mais 400 pacientes e familiares”, destacou.

Os convênios foram assinados entre a Sesau e a Associação Pestalozzi de Maceió; Associação de Equoterapia Maria Benedita de Sá, de São Miguel dos Campos; Associação Comunitária de Reabilitação e Equoterapia Santa Clara, de Penedo; Complexo Multidisciplinar de Equoterapia Tarcizio Freire, de Arapiraca; Associação dos Deficientes Físicos e Mentais de Arapiraca e Associação de Equoterapia de Alagoas, em Maceió.

Agência Alagoas

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários