Quinta, 21 de Outubro de 2021
25°

Poucas nuvens

Arapiraca - AL

Cultura Luto em Arapiraca

Morre aos 89 anos, no Hospital Chama, onde estava internado há alguns dias, Paulo Lourenço (Paulo do Bar)

A família vai posteriormente vai informar sobre velório e sepultamento.

14/10/2021 às 07h57 Atualizada em 14/10/2021 às 11h37
Por: Portal Noticiasdasuacidade.com Fonte: Redação
Compartilhe:
Morre aos 89 anos, no Hospital Chama, onde estava internado há alguns dias, Paulo Lourenço (Paulo do Bar)

Morreu na manhã desta quinta-feira (14), no Hospital Chama, aos 89 anos, onde estava internado há alguns dias para tratamento de um câncer no esôfago, descoberto recentemente, Paulo Lourenço (Paulo do Bar). 

Segundo seu filho, Paulo Celso, que o acompanhou desde o internado permanecendo ao seu lado, Paulo do Bar, nem chegou a iniciar as sessões de quimioterapia devido a outros problemas que surgiram.

“Eh meu amigos, esperava que esse dia nunca chegasse, ele era um ser maravilhoso”, desabafou Paulo Celso, em mensagens dos grupos de WhatsApp, para os amigos da Câmara Municipal de Arapiraca, onde é Redator de Atas.

O corpo do Paulo Lourenço será velado no antigo Bar do Paulo, na esquina das Ruas Dom Jonas Batinga e São Luiz, no bairro Ouro Preto. O sepultamento será realizado nesta sexta-feira (15), a partir das 8h no cemitério Pio XII, no bairro Baixa Grande, em Arapiraca.

Bar do Paulo, localizado em uma das esquinas da Rua São Francisco em Arapiraca, fechava em definitivo as suas portas deixando uma marca na terra de Manoel André e muita nostalgia. O ambiente frequentado pela juventude arapiraquense, casais, foi famoso nas décadas de 70, 80 e 90, levando novidades musicais para toda uma geração de jovens sonhadores, idealizadores e cheios de esperança em um futuro melhor para Arapiraca, Alagoas e o Brasil.  

O Bar do Paulo recebia a sociedade em suas gerações de intelectuais e estudantes, casais enamorados, gente famosa, artistas e políticos que visitavam Arapiraca a exemplo de Hermeto Pascoal, amigo de Paulo Lourenço, Alceu Valença que após conhecer o espaço se tornou amigo de Paulo Lourenço e sempre se comunica com ele, o ex-governador saudoso, Divaldo Suruagy que dedicou uma crônica em um do seus livros ‘Os Ventos Estão Inquietos’  falando da sua passagem pelo Bar do Paulo em companhia do amigo arapiraquense Denir Guerra.  

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias