Quinta, 28 de Maio de 2020 23:58
(82) 9 9820-6633
Política Pedido

AGU quer saber quem terá acesso ao vídeo da reunião com Moro

Diante da "iminente entrega do registro audiovisual completo da reunião presidencial", o braço jurídico do governo Bolsonaro, quer saber, "desde logo", quem poderá acessar o vídeo até que sejam "segregados os elementos pertinentes" ao inquérito, e os mesmos juntados aos autos. Isso se tal separação for deferida por Celso de Mello

08/05/2020 16h48
107
Por: Portal Noticiasdasuacidade.com Fonte: Terra
 AGU quer saber quem terá acesso ao vídeo da reunião com Moro Foto: Reuters
AGU quer saber quem terá acesso ao vídeo da reunião com Moro Foto: Reuters

A Advocacia-Geral da União (AGU) encaminhou mais um pedido ao ministro Celso de Mello, decano do Supremo Tribunal Federal, agora para que seja definida a cadeia de custódia da gravação de reunião ministerial ocorrida no dia 22 de abril, citada pelo ex-ministro Sérgio Moro como a ocasião em que o presidente teria pressionado o ex-juiz a trocar o comando da Polícia Federal.

 

 

Diante da "iminente entrega do registro audiovisual completo da reunião presidencial", o braço jurídico do governo Bolsonaro, quer saber, "desde logo", quem poderá acessar o vídeo até que sejam "segregados os elementos pertinentes" ao inquérito, e os mesmos juntados aos autos. Isso se tal separação for deferida por Celso de Mello.

 

 

A indicação tem relação com o pedido anterior feito pela AGU, o segundo com relação ao vídeo solicitado pelo decano. No documento, a AGU "rogou" para que Celso de Mello limite o envio da gravação a "apenas e tão-somente a eventuais elementos que sejam objeto do presente inquérito" - ou seja, as conversas entre Moro e o presidente.

 

 

No primeiro pedido, o governo alegou que a reunião tratou de "assuntos potencialmente sensíveis e reservados de Estado", e pediu a reconsideração do decano para enviar a gravação.

 

 

Após o depoimento de Moro no último sábado, 2, e pedido da Procuradoria-Geral da União, Celso de Mello cobrou o envio da íntegra da reunião, sem edições ou alterações. "As autoridades deverão preservar a integridade do conteúdo de referida gravação, em ordem de impedir que os elementos nela contidos possam ser alterados, modificados ou, até mesmo, suprimidos", determinou o ministro.

 

 

Em manifestação, a defesa de Moro alegou ao decano que "destacar trechos que são ou não importantes não pode ficar a cargo do investigado". De acordo com os advogados do ex-ministro, "eventuais colocações constrangedoras" de Bolsonaro, passíveis de constatação durante a reunião, "não são motivos aptos a impedir o atendimento de determinação judicial pois não se trata de "segredo de Estado".

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Arapiraca - AL
Atualizado às 23h58 - Fonte: Climatempo
23°
Poucas nuvens

Mín. 22° Máx. 32°

23° Sensação
8 km/h Vento
93.7% Umidade do ar
90% (4mm) Chance de chuva
Amanhã (29/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 28°

Sol e Chuva
Sábado (30/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 27°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias