Dengue
 Complexo Multidisciplinar Tercizo Freire
Referência

Hospital da Mulher passa a ser referência para tratar Covid-19 a partir de segunda-feira (30)

Atendimento na unidade hospitalar será apenas para mulheres que necessitem de internação com diagnóstico positivo do novo coronavírus

26/03/2020 14h51Atualizado há 3 dias
Por: Portal Noticiasdasuacidade.com
Fonte: Agência Alagoas
51
Hospital vai atender mulheres que necessitem de internação com diagnóstico positivo para o novo coronavírus
Hospital vai atender mulheres que necessitem de internação com diagnóstico positivo para o novo coronavírus

O Hospital da Mulher Dr.ª Nise da Silveira mudará o perfil assistencial, passando a atender pacientes do sexo feminino que necessitem de internação com diagnóstico positivo para o novo coronavírus a partir da próxima segunda-feira (30). Nesta quinta-feira (26), o governador Renan Filho e o secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, visitaram a unidade.

 

A mudança no atendimento do HM faz parte do plano de contingência do Estado para o combate ao vírus, que inclui a remodelagem da rede hospitalar. A unidade, inclusive, mudou toda a sua diretoria e passa a ter uma médica infectologista no comando durante o período de emergência.

 

Segundo o secretário de Saúde, ao todo, serão disponibilizados 110 leitos para o público feminino com coronavírus, sendo 55 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) – 50 adultos e cinco pediátricos -, e 55 de Unidade de Cuidados Intermediários (UCI), – 50 adultos e cinco pediátricos.

 

“Vamos mudar o perfil do Hospital da Mulher, que, hoje, é de risco habitual, para uma unidade hospitalar de alto risco. Para atender esta demanda, profissionais já estão sendo treinados para dar suporte ao atendimento dessas pacientes com respeito e qualidade, como sempre temos feito, desde a inauguração do hospital”, explica Ayres.

 

O governador Renan Filho ressalta que o foco da Saúde agora é enfrentar o coronavírus, ampliando a rede de atendimento, sem deixar de atender com qualidade as mulheres alagoanas.

 

“Alagoas vai se preparar para ampliar, decisivamente, o número de leitos. A ideia é que cheguemos – entre leitos de UTI e de retaguarda - a mais de 500, todos novos. Já teremos 100 leitos até o final deste mês aqui no Hospital da Mulher”, afirma o governador ressaltando que a meta é abrir 10 leitos por semana.

 

O governador lembra que o isolamento social é fundamental para esse período de preparação da rede hospitalar. “Quero dizer ao cidadão, para tranquiliza-lo, que nós não temos nenhum leito público ainda utilizado por paciente confirmado de covida-19. Temos dois leitos da rede filantrópica sendo utilizados, da Santa Casa, mas nós estamos nos antecipando, preparando os leitos antes e, por isso, é que é tão importante o isolamento”, afirma.

 

Mudança em curso

 

A partir de agora, a modificação do perfil do hospital, as gestantes confirmadas para o coronavírus serão referenciadas para o Hospital da Mulher, enquanto as demais deverão procurar as outras maternidades da Rede Materno-Infantil de Maceió, sobretudo, a Casa de Saúde e Maternidade Nossa Senhora de Fátima, no Centro, que, inclusive, vai contar com a equipe do Hospital da Mulher.

 

As parturientes e os seus filhos internados no Hospital da Mulher estão sendo transferidos até esta quarta-feira (25) para a Casa de Saúde e Maternidade Nossa Senhora de Fátima. Estas medidas visam o enfrentamento da emergência de saúde pública no âmbito do Estado de Alagoas, bem como a redução da transmissão do coronavírus.

 

A direção do Hospital da Mulher, ressalta, ainda que o centro cirúrgico da unidade hospitalar vai continuar com suas atividades normais durante o período de atendimento às pacientes com coronavírus.

 

“Vamos atender gestantes com Covid-19 e precisamos dar o acolhimento necessário a elas. Desse modo, teremos uma equipe formada por enfermeiros obstétricos, caso alguma mulher dê entrada em trabalho de parto; e outra, no centro cirúrgico, para qualquer atendimento que a paciente necessitar, ou de um procedimento cirúrgico relacionado à enfermidade”, garantiu o secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres.

 

O Hospital da Mulher já está cuidando e prestando atenção às diretrizes que tratam do atendimento às pessoas que estejam infectadas pela Covid-19.

 

“Autorizamos a capacitação com um infectologista, abordamos sobre a utilização dos EPIs [Equipamentos de Proteção Individual], assim como, os fluxos estão sendo modificados diariamente, em virtude do novo perfil de atendimento do hospital”, concluiu o secretário.

 

GALERIA

  • Hospital da Mulher passa a ser referência para tratar Covid-19 a partir de segunda-feira (30)
  • Hospital da Mulher passa a ser referência para tratar Covid-19 a partir de segunda-feira (30)
  • Hospital da Mulher passa a ser referência para tratar Covid-19 a partir de segunda-feira (30)
  • Hospital da Mulher passa a ser referência para tratar Covid-19 a partir de segunda-feira (30)
  • Hospital da Mulher passa a ser referência para tratar Covid-19 a partir de segunda-feira (30)
  • Hospital da Mulher passa a ser referência para tratar Covid-19 a partir de segunda-feira (30)
  • Hospital da Mulher passa a ser referência para tratar Covid-19 a partir de segunda-feira (30)
  • Hospital da Mulher passa a ser referência para tratar Covid-19 a partir de segunda-feira (30)
  • Hospital da Mulher passa a ser referência para tratar Covid-19 a partir de segunda-feira (30)
  • Hospital da Mulher passa a ser referência para tratar Covid-19 a partir de segunda-feira (30)
  • Hospital da Mulher passa a ser referência para tratar Covid-19 a partir de segunda-feira (30)
  • Hospital da Mulher passa a ser referência para tratar Covid-19 a partir de segunda-feira (30)
  • Hospital da Mulher passa a ser referência para tratar Covid-19 a partir de segunda-feira (30)
  • Hospital da Mulher passa a ser referência para tratar Covid-19 a partir de segunda-feira (30)
  • Hospital da Mulher passa a ser referência para tratar Covid-19 a partir de segunda-feira (30)
  • Hospital da Mulher passa a ser referência para tratar Covid-19 a partir de segunda-feira (30)
  • Hospital da Mulher passa a ser referência para tratar Covid-19 a partir de segunda-feira (30)
Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Arapiraca - AL
Atualizado às 14h23
34°
Pancada de chuva Máxima: 34° - Mínima: 22°
38°

Sensação

22.8 km/h

Vento

56.5%

Umidade

Fonte: Climatempo
Banner seção política Esperança Para a Família
Blogs e colunas
Últimas notícias
Mais lidas