Complexo Multidisciplinar Tarcizo Freire
Superação

Socorro Oliveira, a mulher mais forte de Alagoas, volta a puxar carro com mais de mil quilos por 12 metros e sentada

Treinamento dura em torno de quatro horas

03/11/2019 15h22Atualizado há 2 semanas
Por: Cláudio Roberto
465

Eram 10h30 e a temperatura já ultrapassava a marca dos 35 graus na manhã deste domingo(3) na cidade de Arapiraca, e a mulher mais forte de Alagoas, a Strongman, Socorro de Oliveira de 34 anos, com acompanhamento do seu treinador e marido Sandro Drako, ex-aluno do He Man alagoano (em memória),  da Equipe Grupo Fênix, num esforço sobrenatural, iniciava a sua maratona de treinamentos de quatro horas ininterruptas levantando pesos, no Conjunto Residencial Brisa do Lago em Arapiraca.

Numa rua de pouco movimento de veículos, o que beneficia o seu treinamento, Socorro Oliveira, usando um short de lycra, calçando um sapato tênis e uma camiseta regata, primeiro fez um aquecimento com uma barra de ferro com peso de 12 quilos, partindo para uma sequência de levantamento de pesos com pneus com 110 quilos.

Bastante concentrada, a mulher mais forte de Alagoas prossegue o seu trinamento e agora, tenta fazer uma sequência de levantamento de peso em pneus de 60, 70, 80 e 90 quilos, realizado com sucesso.

Porém, com a temperatura acima dos 35 graus, atendendo a uma determinação do seu treinador ouve o que não esperava: "vamos agora tentar a puxada do carro pelos cabelos".

Foi dado início ao processo de amarração pelas tranças, quando ela puxou o veículo pesando mil e cinco quilos, 800 do carro um Fiat Uno, o motorista Cristiano, que pesava 100 quilos, mais duas outras pessoas no interior do veículo, uma com 50 quilos e a outra com 61 quilos, arrastando por 12 metros.

Tentando se superar a cada momento, a Strongman decidiu fazer o levantamento de peso com quatro pneus, pesando 79 quilos. Ainda sem demonstrar nenhum indício de cansaço ou fadiga, a atleta de peso faz uma sequência de agachamento com uma maromba pesando 100 quilos, sem perder o equilíbrio em nenhum momento e ainda fazendo questão de demorar mais do que o permitido pelo corpo.

Mas como dizem que fazer aquilo que se ama dá trabalho, mas  é prazeroso, Socorro Oliveira, queria testar o seu limite fazendo algo que nunca havia feito, puxar o carro com as mãos e alcançar a marca dos 12 metros e sentada.

 

Preparada pelo treinador e marido Sandro Drako, que contou ainda com o auxilio dos alunos Claudenice da Silva (Nega), Renie Silva Santos (Raine), Rosilene Pereira da Silva (Lena), o filho José Marlisson Romano de Oliveira (19), as filhas Emily Elizabeth (13) e Lívia Alexandra (4), Sorroco Oliveira, posicionada em cima de pneus, deu início a puxada do veículo, trazendo para perto de si, a uma distância de 12 metros, sendo aplaudida pela equipe de apoio pelo feito inédito.

“Meu Deus. Como te agradeço por este momento tão glorioso e de vitórias”, gritou Socorro Oliveira, levando as mãos aos olhos para que ninguém visse as lágrimas descendo pelo rosto vermelho pelo sol.

 

Um pouco da história dessa guerreira

Socorro Oliveira, 34, enfrentou um sério problema de saúde. Há seis anos teve diagnosticado um quadro de Eclampsia, tendo logo após, depressão pós-parto que foram vencidas por meio de um esporte pouco conhecido em Arapiraca: o strongman, ou atletismo de força. 

 

Em 2013, quando esperava a chegada da filha, uma alta de pressão a fez procurar o hospital e já entrar em trabalho de parto, já que havia risco de o bebê morrer em decorrência da eclâmpsia. 

 

Ela passou quatro dias na UTI e outros 24 internada, para tentar controlar a pressão arterial e também tratar uma trombose. Quando finalmente se recuperou e conseguiu a alta médica, passou a apresentar depressão pós-parto porque a filha ainda permaneceu internada por um período.

 

De acordo com ela, a depressão provocou um ganho de peso e só depois de um tempo, já com a filha nos braços e com o incentivo do marido, que é professor de defesa pessoal, é que a superação aconteceu, com a ajuda do strongman.

 

GALERIA

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários